Não classificado


Anúncios

Este ano o Dia Mundial das Telecomunicações, 17 de Maio, é celebrado antecipadamente: no dia 16. As comemorações, subordinadas ao tema “Telecomunicações e Assistência Humanitária”, terão lugar em Lisboa e contarão com a presença de personalidades destacadas ligadas ao sector das comunicações e à assistência humanitária em Portugal.

Ao pensarmos nos números que envolvem a actividade das telecomunicações a nível mundial, esquecemo-nos muitas vezes das potencialidades deste sector junto de uma das causas mais nobres da humanidade: a prevenção e a mitigação de desastres. Daí o tema deste ano.

O Dia Mundial das Telecomunicações celebra todos os anos a fundação da União Internacional das Telecomunicações, há 132 anos atrás, no dia 17 de Maio de 1865 em Paris.

Nome Científico: Vicia faba L.

Pertencendo ao grupo das leguminosas é um alimento pequeno, mas tem muitos benefícios nutricionais.

Composição

Os nutrientes contidos nas sementes e na casca, e ingeridos naturalmente, fazem da sua composição nutricional um alimento rico em proteínas (indispensáveis na “construção” dos tecidos do organismo), em hidratos de carbono complexos (que fornecem energia) e fibras de todas as categorias: solúvel, como a pectina; e insolúveis, como as lenhinas. Ricas em aminoácidos e vitaminas B.

Este alimento é bastante rico em fibras, permitindo um melhor funcionamento do tubo digestivo, fluidificando a bílis, modelando a absorção dos nutrientes a nível do intestino delgado, estimulando o desenvolvimento da flora intestinal favorável e regularizando o transito intestinal.

O ácido fólico, fundamental para as grávidas e para o desenvolvimento do bebé, e a luteína, um antioxidante que reduz o risco da degeneração macular relacionada à idade, são outros dois nutrientes indispensáveis para o bom funcionamento do organismo.

A estes juntam-se ainda o zinco, o potássio, o magnésio, manganês, fósforo e tiamina (vitamina B1), indispensável para o bom funcionamento do sistema nervoso e do coração, ao mesmo tempo que auxilia as células na produção de energia.

Indicações terapêuticas

As leguminosas sendo fundamentais para uma boa alimentação e um elo essencial no processo digestivo, previnem doenças como a obstipação e o cancro do intestino. Contribuem também para a redução do colesterol no sangue, para o controlo da diabetes e da obesidade.

Por outro lado o seu baixo índice glicémico potencia uma entrada mais lenta da glicose para o sangue, que ajuda a prolongar a sensação de saciedade e retarda o aparecimento da fome e falta de energia.

Como comprar

Podem ser adquiridas frescas (sazonal), congeladas ou secas.

Utilização

Cultivada pelas suas sementes, que se colhem secas ou em verde, sendo muito utilizadas na confecção de vários pratos e sopas. Pode também ser utilizada no fabrico de farinhas ou incorporada em alimentos compostos para animais.

Nota

O seu consumo excessivo ou a inalação do pólen, pode provocar em pessoas sensíveis uma doença designada por favismo. O favismo é uma anemia hemolítica aguda que pode ser fatal. Ocorre nas populações de origem mediterrânea, africana e do sudeste asiático. O favismo é muito raro quando as favas são cozinhadas.

Realizou-se no dia 22 de Janeiro a Sessão Escolar do Parlamento dos Jovens, destinada a eleger os deputados e a aprovar as medidas que representaram a escola na sessão distrital. O debate realizou-se de forma bastante animada e assertiva. Foram eleitos Carina Santos e Marta Baptista, deputadas efectivas e Tomás Duarte, deputado suplente.

A Sessão Distrital decorreu no dia 22 de Março no Auditório da Assembleia Municipal de Oeiras. Esteve presente nesta sessão o deputado da Assembleia da República Nuno Magalhães (CDS-PP).

A primeira prova da modalidade Ambiente à Prova decorreu no dia 14 de Janeiro de 2010 em 567 escolas de todo o país. A participação dos jovens nas XV Olimpíadas do Ambiente anos foi muito superior aos anteriores. Cerca de 31.235 alunos, do 7 º ao 9 º ano de escolaridade, de 499 escolas realizaram a prova da Categoria Júnior. Enquanto 9700 alunos, do 10 º ao 12 º ano, de 246 escolas Participaram na categoria Senior. Ambicionando marcar presença na Final Nacional, passaram à fase seguinte 1797 alunos do 3 º ciclo e 1029 do ensino secundário.

Na nossa Escola passaram para a fase 2 ª, que se realizou no dia 4 de Março, os alunos:

Ruben Nunes, 9 º C

Carolina Oliveira, 9 º B

Max Pereira, 9 º A

Aguardamos pelos resultados.

As Olimpíadas do Ambiente Constituem um dos mais importantes e ambiciosos projectos de Educação Ambiental a nivel nacional. Fazem parte da Comissão Organizadora das XV Olimpíadas do Ambiente, elementos da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa, da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza e do Zoomarine.

O projecto conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República, assim como o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e das Águas do Algarve.

Nome científico: Curcubitta spp

As mais apreciadas são as de fruto com polpa cor de laranja. A abóbora menina, o mogango ou a butternut são as mais conhecidas e colhidas quando o fruto está completamente maduro.

Composição nutricional

Nutrientes* Abóbora
Água (%) 92
Energia (kcal) 26
Proteína (g) 1,0
Gordura (g) 0,1
Glícidos (g) 6,5
Fibra (g) 0,5
Cálcio (mg) 21
Fósforo (mg) 44
Ferro (mg) 0,8
Sódio (mg) 1,0
Potássio (mg) 340
Vitamina A (IU) 160 mcgRE
Tiamina (mg) 0,05
Reboflavina (mg) 0,11
Niacina (mg) 0,6
Ac. ascórbico (mg)
Vitamina B6 (mg) 0,06

Adaptado de: Gebhardt, Cutrufelli, and Matthews, 1982; Haytowitz and Matthews, 1984; Rubatzky and Yamaguchi, 1997(http://encyclopedias.families.com)

*em 100g de parte comestível

Como comprar

Opte por abóboras sem imperfeições na casca e com brilho. Se comprar aos pedaços, certifique-se que não estão secos, sinal de que a abóbora foi cortada à bastante tempo.

Dicas para conservar

– à temperatura ambiente: desde que num local seco e ventilado, a abóbora suporta meses;

– no frigorífico: depois de abertas, durante 2 ou 3 dias;

– no congelador: descasque-a primeiro.

Fins terapêuticos

  • Indicações: Erisipela, febres , dores e inflamações em geral, queimaduras, verminoses, anemia, cegueira noturna (avitaminose A), náuseas, vômitos, seborréia e acne.
  • Propriedades: Anti-helmíntica, antiinflamatória, diurética, emoliente, rica em vitamina A.
  • Partes usadas: Folhas, flores, sementes, polpa.

No dia 10 de Dezembro foi dinamizada uma acção de sensibilização/ esclarecimento para os Encarregados de Educação, Pais, Professores Educadores dos Agrupamentos de Escolas D. Lourenço Vicente, D. Joana de Castro, Ribamar e Escola Secundária.

Foi orador o Dr. João Pedro Tomaz, médico de Saúde Pública do Centro de Saúde da Lourinhã.

Seguiu-se um debate em que os presentes colocaram diversas questões pertinentes.

O suporte informático apresentado é publicado aqui para consulta dos conteúdos apresentados.

Página seguinte »