sem nome2O Melão Branco do Ribatejo ou Melão Branco da Lezíria é um melão muito rústico, de casca branca, resistente ao transporte, de sabor açucarado e elevado rendimento

Nome Científico: Cucumis melo L.

Nome Comum: Melão.

Nomes Populares: Melão.

Família: Cucurbitaceae.

Origem/História: O Melão é originário da África Central, com vários centros de diversificação secundários, tais como a Turquia, Arábia Saudita, Irão, Rússia, Índia e mesmo a Península Ibérica. A partir da África Central, o melão disseminou-se pelo Médio Oriente e pela Ásia Central. Esta cultura era cultivada pelos Egípcios desde 2000 a 2700 a.C., assim como na Mesopotâmia, e por volta de 1000 a.C. no Irão e na Índia. A cultura de melões foi introduzida na Europa pelos romanos mas não era muito apreciada, estando ausente da dieta medieval em toda a Europa à excepção da Península Ibérica onde foi introduzida e mantida pelos Árabes. No séc. XV um tipo de melão trazido da Arménia foi difundido pela Europa.

O melão foi introduzido na América no séc. XV. por Colombo. Era considerado um produto de luxo nos anos 1950 na Europa, tendo o seu consumo e a sua produção desenvolvido de forma significativa desde a década de 1960 com a melhoria das técnicas culturais e o aparecimento de novas cultivares.

Descrição: Planta herbácea, anual, com sistema radicular aprumado. Os caules do meloeiro podem ter crescimento postrante ou trepador devido à presença de gavinhas, têm consistência herbácea, são de cor verde claro a verde médio e têm forma circular. As folhas são inteiras, lobuladas, subcordadas e pubescentes. A maioria das espécies possui flores masculinas e flores hermafroditas na mesma planta. As flores masculinas dos melões formam-se em grupos de 3 a 5 flores no mesmo nó enquanto que as flores femininas encontram-se solitárias no nó. A corola é constituída por 5 pétalas de cor amarela soldadas na base. As sépalas encontram-se parcialmente soldadas. As flores abrem apenas uma vez de manhã. A polinização é entomófila (realizada por insectos). O fruto é um pepónio de forma variável (redondo, oval ou alongado), com cerca de 20 e 25 cm de diâmetro, a casca pode ser lisa, enrugada ou apresentando nervuras em forma de rede, e a cor varia desde o verde ao amarelo. A sua polpa também varia segundo o tipo de cultivar, havendo melões amarelados, esverdeados e esbranquiçados.

Compra/conservação: Para verificar que o melão está em boas condições de consumo e está maduro deve apresentar as seguintes características: quando comprimido nas extremidades, deve ceder levemente, as suas sementes devem estar soltas (sacuda o melão e veja se faz ruído), a casca deve apresentar-se bem firme, ter cor forte e não apresentar rachaduras, partes moles ou perfurações de insectos, deve apresentar aroma suave e agradável. O melão deve ser conservado em lugar fresco e arejado. Caso o fruto esteja aberto, deve-se cobrir com plástico ou papel de alumínio para que não absorva os odores de outros alimentos e guardá-lo no frigorífico Para apressar o amadurecimento do melão, envolva a fruta numa folha de jornal por 1 ou 2 dias.

Utilização/Composição: O melão é um fruto caracterizado pela sua doçura e aroma, sendo consumido principalmente em fresco podendo também ser consumido em saladas enlatadas. As suas sementes, tostadas e salgadas, também podem ser consumidas. O melão tem propriedades refrescantes e hidratantes pois a fruta é constituída por 90% de água, por isso mesmo, é ideal para as épocas de muito calor. Contém vitaminas A, C e E, além de alguns sais minerais como cálcio, fósforo e ferro. É uma fruta óptima para regimes de emagrecimento.

Cada 100 gramas de melão (Cucumis melo) contém:

o Calorias – 31kcal

o Proteínas – 0,85g

o Gorduras – 0,15g

o Vitamina A – 2800 U.l.

o Vitamina B1 (Tiamina) – 30 mcg

o Vitamina B2 (Riboflavina) – 20 mcg

o Vitamina B5 (Niacina) – 0,55 mg

o Vitamina C

o Ferro – 0,4 mg

Outros Usos: O melão é bom como calmante, diurético e laxante. É também recomendado nos casos de gota, reumatismo, artrite, obesidade, colite, prisão de ventre, afecções renais, nefrite, cistite e corrimento das mulheres.

Fonte: André M. P. Vasconcelos (Engenheiro Agrónomo)

Outras Sementes de Plantas Hortícolas e de Outros Frutos e Legumes ou Hortaliças.

Anúncios