diabetes3No dia 14 de Novembro comemorou-se o Dia Mundial da Diabetes. Esta evora1comemoração, pelo segundo ano, dedicou-se às crianças e adolescentes uma vez que cerca de 70 mil crianças e adolescentes desenvolvem anualmente diabetes tipo 1, desconhecendo-se as causas que levam a este aumento.

Para assinalar este dia os monumentos e edifícios de todo o mundo foram iluminados a azul, num apelo global para a união no combate à Diabetes.

Em Portugal, a Câmara Municipal de Lisboa, a Torre dos Clérigos, no Porto e o Templo Romano, em Évora juntam-se a outros ícones mundiais.brasil2

 

Círculo AZUL da diabetes

 

A escolha da cor azul é uma alusão ao círculo azul da diabetes, adoptado como o símbolo oficial da campanha Unidos pela Diabetes. Esta iniciativa surge quase um ano após as Nações Unidas terem aprovado por unanimidade uma resolução que visa a consciencialização dos governantes de todos os Estados-Membros acerca do flagelo mundial que é a Diabetes e centra a atenção sobre a necessidade de serem aplicados planos nacionais de prevenção e tratamento da mesma.noruega1

 

Mais de 75 monumentos

 

Em todo o mundo mais de 75 monumentos aderiram a esta campanha, entre os quais o Empire State Building em Nova Iorque, o London Eye e a Shell Tower em Londres, a Tokyo Tower no Japão, a Sears Tower em Chicago e a Ópera de Sydney são alguns exemplos de monumentos que no Dia Mundial da Diabetes se juntam à Câmara Municipal de Lisboa, à Torre dos Clérigos e ao Templo Romano, os representantes lusos numa iniciativa inédita à escala global.

 

Desafio aos grupos políticos no Parlamentopisa

 

Portugal não ficou por aqui e as associações envolvidas nas comemorações do Dia Mundial da Diabetes no nosso país – Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP), Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo (SPEDM) e Sociedade Portuguesa de Diabetologia (SPD) – alargaram o desafio aos partidos políticos e à Assembleia da República.

Numa iniciativa inédita, todos os partidos foram convidados a participar nesta acção, iluminando os edifícios das câmaras ou edifícios representativos locais por todo o país

Um pouco por todo o mundo, a luz e o círculo azul que simboliza o combate à doença estiveram representados, apelando à união, ao controlo e à prevenção desta pandemia que atinge mais de 5.9% da população adulta mundial. A aposta na prevenção pode reduzir em mais de 50% os casos de diabetes.

A Diabetes (saber mais)

Anúncios