O Dia Mundial da Alimentação – 16 de Outubro – é dedicado, este ano, aos desafios das alterações climáticas e à bioenergia. A revelação é feita pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação que considera que este dia nunca teve tanto significado como agora, por causa da rápida subida dos preços alimentares que pode fazer aumentar o número de vítimas da fome. Este dia é comemorado em cerca de 150 países.

E é sempre bom recordar o significado da Roda dos Alimentos, pois todas as oportunidades são poucas para educar para a Saúde.

A Roda dos Alimentos é uma representação gráfica que ajuda a escolher e a combinar os alimentos que deverão fazer parte da nossa alimentação diária.

É em forma de círculo que se divide em segmentos de diferentes tamanhos que se denominam por Grupos e que reúnem alimentos com propriedades nutricionais semelhantes.

A Roda dos Alimentos Portuguesa foi criada em 1977 para a Campanha de Educação Alimentar “Saber comer é saber viver”. As diversas alterações no situação alimentar portuguesa e a evolução dos conhecimentos científicos conduziram à necessidade da sua reestruturação.

Assim, neste momento, a Roda dos alimentos é composta por 7 grupos de alimentos com diferentes dimensões:

  • Cereais e derivados, tubérculos – 28%
    Hortícolas – 23%
    Fruta – 20%
    Lacticínios – 18%
    Carnes, pescado e ovos – 5%
    Leguminosas – 4%
    Gorduras e óleos – 2%

Clica aqui para fazer o download do documento completo sobre a “Roda dos Alimentos” (pdf)

Anúncios