O biólogo português Miguel Ramalho-Santos acaba de ganhar o Prémio de Novo Inovador, atribuído pelo National Institutes of Health, dos Estados Unidos, no valor de 1,5 milhões de dólares, disse hoje fonte da Universidade de Coimbra.

O prémio destina-se a apoiar, durante os próximos cinco anos, a investigação em células estaminais embrionárias desenvolvida por Miguel Ramalho-Santos, no laboratório que dirige, nos Estados Unidos. Actualmente, Miguel Ramalho-Santos é docente da Faculdade de Medicina da Universidade da Califórnia, em San Francisco, Estados Unidos, sendo professor assistente no Instituto de Medicina da Regeneração.

continuar a ler

Anúncios